Koala San Brew

OUR STUFF

By in OUR STUFF 0

PRINCIPIA (Tmavý Ležák Pivo)

O nosso fascínio pelas LAGERS se intensificou à medida que fomos enxergando a real possibilidade de quebrar o paradigma e preconceito que os estilos clássicos carregam. Através de criação/produção de cervejas fidedignas à história, processo e insumos.

Em algum momento dessa jornada, acabamos tendo um contato especial com a cultura cervejeira Tcheca.


Trouxemos pra cá ingredientes locais e frescos de lá. Lúpulo SAAZ em flor, maltes específicos, barris de carvalho (para uma maturação super extensa) e até torneiras originais da República Tcheca (para um serviço fiel ao Glassware também original).

Fomos evoluindo, na prática, um conceito que sempre acreditamos: a cerveja é a experiência como um todo, não é só o “beber”… E através dessa composição completa, fomos criando essas viagens, trazendo os lugares e suas respectivas sensações e as culturas em forma de EXPERIÊNCIA.

A CLOSER TO THE TRUTH não foi nossa primeira lager, nem mesmo a primeira lager com esse intuito. Mas foi, definitivamente, o nosso marco na certeza de seguir em frente naquilo que acreditávamos, independente do que era o mais lucrativo, arriscando até mesmo os resultados da empresa/ fábrica.

Foi com muito carinho e cuidado que chegamos no resultado que tivemos. E colocar nossa assinatura em algo tão antigo e respeitado foi algo extremamente gratificante, satisfatório, realizador.

Com essa jornada iniciada e seu primeiro momento concluído, surgiu o interesse pelo oposto.

PRINCIPIA – Tmavý Ležák Pivo , uma CZECH DARK LAGER surpreendentemente leve e refrescante. De se beber no caneco o dia todo. O que torna seu equilíbrio perfeito é a personalidade que ela carrega, seu sabor. Isso tudo muito bem combinado e equilibrado com sua leveza. O seu amargor é certeiro e, junto com a complexidade e sutileza dos maltes torrados, seca o palato ordenando um próximo gole. Não é à toa que é um estilo secular.

Mais uma vez: maltes específicos, lúpulo SAAZ em FLOR, uma looonga maturação. E dessa vez fizemos duas versões. Uma delas com uma segunda maturação no carvalho francês, acondicionado em temperaturas baixas que emulam as caves de lá da República Tcheca.

E é claro que, pra completar a experiência, escolhemos o glassware apropriado para acompanhar a cerveja.

Continue ligado no Blog e no nosso Instagram! Essa experiência Tcheca chega em muito breve!

By in OUR STUFF 0

VOCÊ JÁ VIU HOP HASH??

A gente gosta tanto de inovar que às vezes buscamos maneiras de inovar até mesmo nos nossos produtos “de linha”.

Na constante busca pela lupulagem perfeita, surge a mais pura e potente forma natural de lúpulo. Uma concentração de glândulas dos lúpulos colhidos e “pelletizados” no Noroeste dos Estados Unidos. Isso significa que é um “empacotado” concentrado das melhores coisas do lúpulo… Altas doses de ácidos e óleos aromáticos naturais, e o melhor: sem matéria verde!

Produzimos uma versão da nossa querida Livin’ the Dream e fizemos nela um DUPLO DRY-HOPPING com o HOP HASH de EL DORADO.

Agora é só aguardar…

Cheers!

By in OUR STUFF 0

WTF IS DANK??

É, sem dúvida, de difícil tradução… Ao mesmo tempo que tem um significado amplo, não é nada muito específico. Não é à toa que, ao mesmo tempo que é intensamente utilizado, muitas pessoas perguntam o que significa…

Se formos consultar a tradução literal, vamos de algo na linha de úmido e molhado, como um porão. Mas quando falamos em DANK como gíria, o significado já começa a ter sub-grupos. Em um contexto global, é algo extraordinário, excelente mas também pode ser algo estranho, atípico.

“young bros calling something “dank” is just the newest way to say it’s cool”

Se voltarmos na origem do uso do termo como gírias e descrições, vamos parar em uma época em que a cultura de grow começou a descrever crops e até mesmo strains com esse aroma intenso de um verde fresco. Que é tão fresco que chega a cheirar úmido! Um resinoso marcante e dominante que traz um tropical como finalização.

Ao longo dos anos, e com a proximidade da cultura de grow com a da cerveja artesanal, a proximidade genética com o lúpulo, novos DNAs sendo desenvolvidos e com o estudo dos compostos aromáticos (principalmente os terpenos) se desenvolvendo rapidamente,  “DANK” se tornou um termo cada vez mais utilizado.

Um cerveja intensamente lupulada com alta carga de varietais que geram aromas e sabores resinosos “pot akin”, verdes, frescos, intensos e também com um tropical de fundo.

Para a KOALA SAN BREW, “DANK” entrou na prática em 2017 estampado no rótulo fotoluminescente e serigrafado da Double Feature. “DANK | TROPICAL | PINEY”. 

“you’re not differentiating a good product from a bad here, you’re just saying that something rules”

Fonte: QZ.COM